quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

"Welcome, I bid you welcome to live inside the electric circus." WASP

Saudações a todos.

Criei este blog com algumas intenções. Passo a explicar:

- Arquivar e disponbilizar todas as minhas intervenções na Loud!
- Ter um contacto mais directo com a pertinência e reacção deste espaço mensalmente escrito na revista Loud!
- Acrescentar versões completas, artigos nunca usados e outras observações que ocorram.
- Ter um espaço de discussão saudável que me permita o contacto com os leitores sem ter o trabalho impossível de responder ao detalhe a cada um.

Espero que gostem, que frequentem, que me ajudem a observar melhor e que manifestem aqui as vossas próprias observações.

13 comentários:

Inês disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inês disse...

Fico feliz por te encontrar na blogosfera. Uma lufada de ar fresco.
I'm gonna be a spectator of this Blog. Indeed. :)
*

endovelico disse...

Cá estaremos como espectadores activos!

Cristina disse...

Vai certamente ser 1 blog diferente.. que será ingerido/digerido com toda a minha atenção...

pedro disse...

Boas!!!So para dizer que concordo plenamente com o artigo "Posse" na ultima Loud!de Marco.Em varios concertos ja senti/vi o que exprimiste no artigo.Obrigado!Pode ser que certas atitudes comecem a mudar.Felizmente tambem estive nesse dia de NIN(presenciei nas galerias superiores).Abraco e Parabens pelo artigo.

Fábio Vaz disse...

Boas, bem vindo. Este vai ser, com quase toda a certeza, um dos blogs mais visitados pelos fãs de Metal. Já se justificava algo deste género, depois dos excelentes textos em cada edição da Loud!, este é um novo passo.

Boa sorte...

ΣvДиĞεĿīΩи disse...

Finalmente um blog que vale a pena... leio sempre os teus artigos na loud e adoro os teus pontos de vista e opinões...

Vou colocar um link do teu blog no meu... =)

EvangelioN

Francisco Rodrigues disse...

Ola Fernado!

Acho esta ideia bastante interessante e oportuna. Sou um leitor compuslivo das tuas crónicas na Loud!, revista da qual possuo quase todos os exemplares desde a sua existência e que os guardo religiosamente.
Cá estarei nesta "companhia" e troca de ideias/vivências virtual.

Abraço bracarense,

Francisco

Karl Goth disse...

Saudações, caro Spectator!
Felicito-te por este espaço... Uma óptima iniciativa!
Li há pouquíssimos minutos a tua coluna na loud. Agradeço-te por te teres focado no concerto dos NIN... eu não fui, não tive oportunidade... e tudo o que leio sobre tal evento, ajuda-me a criar uma imagem etérica daquilo que aconteceu.
Quando te referes ao «feeling» de um concerto assim, talvez se assemelhe aquele que me assolou na actuação da Diamanda Galás, no CCB em Novembro passado.

Uma boa continuação para o teu sempre digno trabalho!
Abraço cortante

aZrAeL_ disse...

Nao queria vir para aqui dizer que leio sempre a coluna do Spectator, como alias a maior parte das pessoas que aqui deixarem mensagem farão... No entanto é verdade. Não sou uma assidua compradora da LOUD! mas de uma forma ou de outra todos os meses ela me vem parar às mãos, e a primeira coisa que leio é a dita coluna...
Penso que acima de tudo é interessante o acesso ao interior de uma mente (ou pelo menos àquilo que ela nos permite ver) trabalhada, mas tão longe de nós, simples leitores e ouvintes... E mais interessante ainda que a forma de aceder a essa mente que, geralmente nos chega sob a forma de música, embora nem sempre de forma isolada, nos seja acessível sob o seu aspecto mais humano, sob o silêncio das palavras... Afinal de contas todos temos os nossos receios e apesar da grandiosidade que todos reconhecemos ao autor da coluna, não esqueço aqueles momentos em que são reveladas as fragilidades, ou digamos antes, as "humanidades", que lhe são tão dignas como as glórias.
Confesso que me senti imensamente inspirada quando li uma coluna (não me recordo exactamente da data) que falava sobre as dificuldades que os Moonspell tiveram ao longo da sua carreira e do percurso dificil que tiveram de percorrer repleto de precalços. Identifiquei-me com essas descrições porque também tenho vindo a batalhar muito por um sonho que vou concretizando aos poucos, subindo degrau a degrau... Há degraus mais pequenos do que outros, mas quando são demasiado grandes, por vezes as pernas dificilmente os atingem à primeira. Mas se um degrau é difícil de subir, talvez seja possível chegar ao topo subindo a rampa que está do outro lado, ainda que seja necessário percorrer um caminho mais longo...
Já estava há imenso tempo para escrever ao Spectator e deixar algumas palavras que podiam ter sido estas, ou provavelmente na altura, no "Heat of the Moment", poderiam ter sido mais emotivas ou até menos... Nunca o fiz por diversos e variados motivos que não vêm para o caso.. Em todo o caso fica aqui o meu agrado por haver a possibilidade de termos esta ligação mais directa e por poder, a partir de agora, exprimir a minha opinião sobre assuntos que sejam ou não abordados na tal coluna já aqui tão referida.. Ainda que estes comentários possam até não ser lidos pelo próprio Spectator...

© CAMERAMAN METALICO disse...

Man, faz todo o sentido, sendo tu quem és - um dos mais importantes músicos portugueses - e a cara de uma geração inteira!
Faz todo o sentido... aqui fica mais um leitor atento. Grande abraço fraterno - CM

2B disse...

Antes de mais nada quero desde já expressar o meu agrado ao ver este blog.
Muito bom.
Depois quero dizer que concordo inteiramente com no que por si (trato por voce na incerteza da possibilidade de um tratamento menos formal) na última edição da Loud!.
Os portugueses tratam os assuntos com uma leveza impressionante, não informando ninguém do "adiamento" de concertos, falando particularmente no caso do Lagoa.
Continue o bom trabalho.
Parabéns pelo Night Eternal

Anônimo disse...

Por que nao:)